quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O tempo da cura

O tempo da cura - costumo dizer aos meus pacientes "uma perna quebra-se num segundo, mas ela leva 40 dias para cicatrizar". Qualquer terapia de qualquer natureza e até atendimento espiritual sendo num centro ou numa igreja, qualquer um. Todos atuam com o tempo da regeneração do ser. O tempo de abrir, o tempo de curar e ainda a depuração da purificação e da limpeza, as catarses do expurgo que podem gerar mal estar. Pois estamos colocando para fora condicionamentos de anos de vida. Muitas pessoas chegam falando que foram aqui ou ali e nada mudou, mas queriam que anos de hábitos mudassem um um passe, um trabalho, um atendimento de alquimia ou outro. Mas por dentro, sentimentos, condicionamentos, hábitos que geraram a causa não foram mudados. A simples remoção dos obstáculos ou nódulos não traz a cura. Você pode tirar uma pedra do caminho, mas precisa reaprender a andar e mais ainda andar numa luz mais alta. Quando procurar um terapeuta ou curador, tenha noção de que terá que remover a causa, curar a ferida e aprender a viver. É assim com tudo neste mundo. Não seria diferente no espiritual. O que pode acontecer é que energia estava represada, ai sim quando removemos o bloqueio ela jorra com força dando a impressão de milagre. Podemos reprogramar DNA, células, mudar muitas coisas, mas cada uma delas terá seu tempo e cada pessoa tem o tempo de si e, mais ainda, cada amparador, curador ou terapeuta atua num determinado ponto, aquele que acha que tudo faz certamente pecará em algo. Respeite o tempo da sua cura, com carinho, com cuidado e muita dedicação as transformações vem e o mundo fica muito melhor. 

Bjos Gabriela Irigaray Yasoha

Um comentário:

Anônimo disse...

Como sempre excelentes informações!

Namastê!

Andrea