quinta-feira, 20 de março de 2008

O Segredo dos Relacionamentos



Hoje vi o filme da série O Segredo – sendo este o dos relacionamentos...e, buenas, prefiro o material do Deepack Chopra, mais exatamente o Kama Sutra dele, não por ser um excelente material sobre sexo, pois este livro está pra lá de desatualizado, embora seus ensinamentos sejam uma boa base. Enfim, o material do Chopra fala, no final, das leis do amor e nisso ele foi genial. Na primeira lei ele fala da naturalidade. Estes dias perdi toda naturalidade, resultado: um desastre. As regras de relacionamentos do filme O Segredo, pressupõe uma relação estável e que ambas as partes as sigam como um contrato, e sinceramente não é do feitio do ser humano seguir muito a risca qualquer regra, principalmente em relação a relacionamentos, onde tendemos a enlouquecer ou nos acomodar em situações complicadas. Assim, como já falei (coisa de mulher – ficar repetindo) o Chopra é bem mais lógico, pois fala do indivíduo e depois do casal. Mas se quiser saber mais a opinião dele leia o livro que citei acima.
Agora...que tal uma versão Padma Chimed (meu nome budista) da coisa toda. Uma versão de alguém que acabou de fazer umas besteiras grandes, já fez outras tantas e de tanto errar, acha ...acha, que aprendeu..também depois estudar muito o ser humano, muitos alunos e pacientes em terapia de regressão e florais, lógico.
1) A lei da atração no campo dos relacionamentos está mais ligada a quem você é e não quem quer ou pensa ser...então se atraiu problema vá ver como está seu interior.
Exemplo: desde pequena Mariazinha é rejeitada pelo pai, depois ela é rejeitada pelos meninos, depois pelo marido (ela ficou com ele porque ele era rejeitado também pelo pai, assim semelhante atrai semelhante, mas a rejeição do masculino é dela, então não podia durar. Aí Mariazinha consegue um encontro. Na hora H entra em pânico, perde o rebolado e gela de medo, age com desespero, afasta a criatura e faz tudo errado. Ah! Detalhe...óbvio que o rapaz também tinha problemas com o pai. Como salvar Mariazinha? Buenas, ou ela faz psicanálise ou toma florais, pois o fato é que a criança Mariazinha deve ser curada, ela precisa ter segurança e se achar merecedora da atenção do masculino, para só depois agir com naturalidade, para só depois pensar nas igualdades e diferenças que existem entre homens e mulheres nos relacionamentos.
Se você só atrai problemas ou quem vc quer foge de você, então pense....o que vocês tem em comum...o que há em vc que repete padrão?
O Primeiro passo da arte da serenidade (Caminho do Lótus, que estou escrevendo) fala sobre respiração e o segundo sobre visualização. Assim respire profundamente e relaxe. Imagine sua criança interna. Como ela está. Se não estiver bem, a envolva numa luz verde dourada e peça sua cura. Imagine-a feliz, amada e muito aceita. Faça isso quantas vezes forem necessárias para que você se sinta tranqüilo, calmo.
2) A naturalidade é seu grande sinal!
Se você age com naturalidade perante alguém ou algo, é porque as coisas vão bem. Você nunca conseguiu mais fácil algo que não queria ou não pensava em ganhar? Explico: João, queria um emprego, procurava, procurava e não conseguia. Um dia estava sentado na frente de um edifício comendo pastel. Começou a falar com o dono sobre como ele havia gostado do tal pastel, que era uma pena não ter um destes perto de sua casa, pois era um lugar movimentado e daria muito lucro. Deu uma suspirada enquanto engolia o último pedaço e saiu. Na semana seguinte, saindo de casa, sentiu o cheiro do pastel. Achou improvável, mas resolveu conferir, pois aquela delícia caia bem antes de mais uma jornada de procura, que ele já supunha que não daria certo. A pastelaria abrira bem na esquina da sua casa. Chegou lá e encontrou o pasteleiro da semana anterior. Ficou feliz, deu as boas vindas e já pediu um pastel. Assim perguntou como o pasteleiro poderia estar nos dois lugares? Ele respondeu que não podia, que estava procurando alguém, e que até ensinaria a pessoa a fazer pastéis. Perguntou à João logo em seguida se sabia de alguém precisando de serviço...rindo João perguntou se não poderia ser ele. O homem o contratou na hora. Feito. Vc pode falar da lei de atração, mas se houver o medo ela não ocorre, pois você vincula com o que teme (este é um sentimento muito forte) e não com o que quer. João não procurava oficio de pasteleiro, mas justo este o procurou, sua vontade largou a mensagem ao universo, e na oportunidade que seu medo parou de falar alto e foi despistado, ela trouxe o emprego para ele.
Mas e com pessoas. Ouvi um amigo recentemente dizendo que se casou super empolgado e que foi “abandonado” quatro meses depois, e que tava com nojo de tudo super deprimido. Uma vizinha resolveu lhe oferecer sorvete. Assim no mais, ela tinha namorado e não tava querendo muita coisa com ele, ele já a conhecia e ela não o impressionava. Bem conversa vai conversa vem, sem neura descobriram muito em comum...e bem deu pra perceber que a história dos dois deu muito certo. Por estes dias, quando perdi minha naturalidade...desejei ter agido assim, sem nenhuma intenção, porquê? Simples, se eu não tivesse medo de como as coisas ficariam, elas teriam dado certo. Mas sei que na hora certa o próprio universo vai me pegar distraída.
Terceira regra da Arte da Serenidade – não controle, não regule, deixe acontecer e não enlouqueça se não acontecer. Tudo tem seu tempo...tudo.
3) Escreva num papel, nem que seja milhares de vezes, quem vc é e quem quer (não uma pessoa, mas características), escreva tantas vezes quantas forem necessárias para que você perceba realmente quem é e quem quer. Pois verá que nas primeiras muitas vezes, cada escrita sairá de um jeito.
Arte da Serenidade – nas escolhas – temos tendência a comprar o mesmo sapato, mesmas meias e mesmas roupas, assim como insistir nos mesmos relacionamentos e pessoas. Quando estiver fazendo suas meditações:
Você homem que será capaz de resolver isso sozinho e você mulher que poderá contar com a Deusa
Respire e repita, bem devagar: “Serenidade”, mais de 7 vezes. E depois simplesmente não escolha, diga para o um universo pegar a informação e escolher para Você. Ok, as informações do que você deseja são suas, mas nome e endereço deixe para a energia lá fora!
4) Último passo desta dica, pois o resto estará no livro – Confie!
Confiar é confiar em si mesmo. Quando temos certeza de algo relaxamos e não perdemos a naturalidade. Se você está inseguro então medite “Serenidade” – e respire profundamente até estar tranqüilo, depois peça a você mesmo ou a sua divindade de devoção que lhe dê a capacidade de confiar. A certeza de algo, é a maior garantia de sucesso em tudo, até nos relacionamentos. Quando os sinais indicam que dará certo é mais fácil confiar, mas quando não a confiança se esvai. Serenidade em tudo, e tudo passa a ser possível, e estará com a mente tão clara que saberá escolher depois se isso serve para você ou não. As coisas ficarão muito bem.

Um comentário:

Elaine disse...

Encontrei o seu blog ao acaso,mas depois que li esse seu post descobri que,na verdade,ele me encontrou! Tenho passado por anos difíceis devido a uma desilusão amorosa,mas agora tenho certeza de que encontrarei a minha cura definitiva através deste seu espaço! Posso te linkar ao meu blog?Beijos no seu coração!