sexta-feira, 7 de setembro de 2007

UM SONHO MÁGICO

Um dia sonhei, um sonho diferente. Um sonho mágico, onde tudo era possível, onde homem e natureza convivivam em harmonia, onde tudo era pura magia. Onde não haviam religiões políticas ou disputas, mas respeito, carinho e compreenção. Onde contruir um mundo comum e melhor era natural e tão obvio que ninguém cogitava fazer algo diferente. neste sonho todos se amavam muito, primeiro a si mesmos e depois como transbordavam de contentamento era impossível não amar aos demais. Quando acordei, fiquei triste e pedi a Grande Mãe para voltar lá, para não ficar aqui, onde tudo era tão feio. Nesse momento uma brise me fez ir até a janela, e lá vi todas as flores do meu jardim abertas num rosa sem igual, vi minha filha brincar com o cachorro e sorrir, vi meu altar, o da minha avó que é católico, os livros do meu padrasto que é cético e o Santo Antônio da minha mãe, que acredita só nele mesmo. Vinha minha tia, que é mulata abraçada no seu marido índio, vi meus florais na prateleira prontos para serem mandados para o Lar de Mirian e auxiliarem todos que precisam deles, senti a Deusa alí, dentro de mim. E compreendi, que não havia dormido, apenas cochilado e sonhado com o mundo onde vivo hoje, no agora, bem aqui, bem real e muito perfeito. Um mundo que cresce e se desenvolve
cheio de pura alegria, de pura magia. Onde a Deusa habita com Deus em tudo e em todos, bastando, para perceber e desfrutar, apenas olhar!
Amo todos vocês!!!!

Um comentário:

Andrea Leandro disse...

Nossa vida é pura luz. A coloração somos nós que colocamos! Tu és uma pessoa maravilhosa! O mundo agradece a tua presença! Bjs! Andrea