sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Cultura x Barbarie

Pergunto: na era da Internet, da igualdade, da cosciencia ecológica, tem cabimento o enforcamento e apedrejamento de mulheres por adultério e pior ser considerado confissão sob tortura? Por favor se os homens do Oriente médio fossem vitimas deste tipo de condenação aquilo lá já era feito do de mulheres. Os iranianos que me desculpem, mas larguem suas clavas e roupas de pele e deixem de ser macacos. Macaco joga pedra. Não tem crença que valha o primituvismo e diga-se a supremacia pela poder físico. Pelo petróleo eles negam E se matam por urânio, mas para defesa do básico: direitos humanos. Para saber MULHER e ser humano! Não tem nenhuma obrigação e dever diferente de um homem e se enjoar dele tem todo direito de cair fora e troca-ló por dois de 25. Sem ser morta pelo machão injuriado, que deve fazer como qualquer mulher ao longo dos séculos ( coloca a viola na sacola e casa denovo ou vai para uma vida de encalhado), e também não recrimine, pois a vida a dois não e vergonha pra ninguém!
Alguém formalize um convite de azilo pelamordadeusa!

E sobre o sistema judiciário iraniano, disseram que a filmagem cuspiu no sistema, eu faria melhor - jogaria todo no museu!
ATE QUANDOOOOOO!

Bruxas do mundo, peguem o nome da tal moca na web e mãos a obra! Nem que seja no caldeirao a gente pode ajudar e mais incluam remover a vergonha publica.

Nenhum comentário: